Fashion Shows

Primavera/Verão 2021 Womenswear

Seduction, stripped down

Uma sedução por meio da redução. Para a coleção Primavera Verão 2022 Prada, os diretores co-criativos Miuccia Prada e Raf Simons consideram as ideias de sedução, de expressão da sexualidade através da roupa. Um processo de despir a roupa leva, inevitavelmente, ao corpo, destacando-o ou expondo-o.

A Coleção

Os antecedentes da roupa são explorados, recontextualizados. As peças traçam ideias e contornos de vestido - a alusão a uma cauda, os ossos de um espartilho, a curva de um sutiã. Eles são despidos até seus fundamentos básicos, seu núcleo. Sua arquitetura está inerentemente ligada ao corpo e, portanto, à sedução. Uma impressão do passado sempre molda nosso presente. Como sombras ou memórias de roupas, os ossos costurados ou laços de espartilhos formam novas peças, abstraindo-se do corpo em vez de prendê-lo, a pele nua por baixo.

A ideia da cauda evoca um gesto espontâneo de seda de alta costura. Cada um nega suas conotações tradicionais de restrição - eles são reconsiderados, repensados, confrontados. O corpo é libertado. Um vocabulário de elegância de roupas de noite é aqui traduzido para um guarda-roupa inteiro, com suas materializações - duplo cetim, renda escarlate - usadas em contextos imprevistos. Ao mudar o ponto de vista, o significado desses signos e significantes são questionados. A fantasia inerente à roupa de noite é contrabalançada pela realidade do dia a dia.